Notícias da diocese › 06/08/2019

Diácono Laudemir Demarchi será ordenado presbítero em agosto

O diácono Laudemir Demarchi, natural de Sarandi/RS, será ordenado presbítero para a Igreja Católica no Litoral Norte gaúcho. Nascido no dia 21 de dezembro de 1988, às 5h30min da manhã, é o terceiro filho de Irineu Demarchi e Carmen Bousetto. Tem duas irmãs, Inedia Carina, casada com Marcio Gonçalves e tem três filhos: Yohana, Júnior e Yasmin (afilhada de batismo do diác. Laudemir) e Cinara Demarchi, casada com Jackson Schneider, tem três filhos: Luiz Felipe (também afilhado de batismo do diácono), Maria Eduarda e Davi Luís.

Entrou no seminário em 2004, para conhecer esta realidade vocacional, embora, segundo ele, o desejo de ser padre não era claro naquela época. Com o passar do tempo e, após algumas paradas na caminhada vocacional, sempre com o espírito de acertar o melhor caminho a seguir, o chamado à vocação presbiteral passou a ser mais forte. “O chamado, pouco a pouco, passou a dar o verdadeiro sentido para a minha vida e, desde então, sigo como peregrino respondendo a este chamado de Deus”, afirma Laudemir.

 

A ordenação presbiteral

A ordenação presbiteral de Laudemir ocorrerá no dia 31 de agosto, sábado, às 18h, na Catedral Nossa Senhora da Conceição, em Osório, com o lema de ordenação: “Para mim, com efeito, a vida é Cristo” (Fl 1,21).

De acordo com Laudemir, a escolha do lema da ordenação que o acompanhará durante toda a sua vida de missão e serviço à Igreja é fruto de muita oração, diálogo e dá o real e verdadeiro sentido para a sua caminhada. “Mais que um lema estético e usual é um lema que traz um cunho existencial. Só em Jesus Cristo é que encontrei o verdadeiro sentido da minha existência justificando assim o lema retirado do livro de Filipenses 1,21”, afirma o futuro padre.

Presidindo a ordenação presbiteral estará o bispo da Diocese de Osório, Dom Jaime Pedro Kohl, na presença de demais padres, seminaristas e lideranças das paróquias em que Laudemir atuou, além de amigos e familiares acompanharão este momento importante para a Diocese e para a vida do jovem.

Acompanhe no vídeo o convite do diácono Laudemir para a sua ordenação presbiteral:

 

Confira a entrevista com o diácono sobre a sua preparação para o presbitério:

>> Como tem sido a tua trajetória de estudos e preparação até aqui?

Diác. Laudemir: Em 2004 ingressei no Seminário Menor de Sarandi, onde cursei o Ensino Médio até 2006. Em 2008, fiz o Propedêutico em Porto Alegre. Ingressei na Filosofia em 2009, em Curitiba, na FAVI – Faculdade Vicentina, mas a concluí na PUCRS em 2013, nos níveis de licenciatura e bacharelado. Após a conclusão da Filosofia, fiquei nos anos de 2014 e 2015 lecionando em escolas particulares de Porto Alegre, enquanto discernia melhor a vocação a qual sou chamado. Ainda em 2017, fiz um curso em Mobilidade Humana. Com a conclusão da graduação em Teologia fui ordenado Diácono em fevereiro de 2019.

 

>> Como diácono, como tem se dado a tua atuação pastoral?

Diác. Laudemir: Fui designado para auxiliar o povo da paróquia de Santo Antônio, em Santo Antônio da Patrulha. Além disso, temos a missão de “recriar” ou tentar reanimar a Pastoral da Mobilidade Humana junto à Diocese, realidade esta que demanda muito trabalho e serviço para a promoção da vida e da dignidade da pessoa humana nesta situação de vida.

 

>> E os estudos serão continuados em alguma área específica?

Diác. Laudemir: A formação é permanente! Tenho objetivos futuros de cursar outro curso superior e/ou fazer pós-graduação, além é claro, de também ajudar a Diocese naquilo que a mesma precisar: seja na formação, comunicação, espiritualidade e/ou outros.

 

>> Aos jovens, o que tens a dizer sobre o discernimento vocacional?

Diác. Laudemir: Descobrir a vocação que dará o sentido para a vida e para existência é imprescindível para a felicidade. Vocação acertada, futuro feliz! Por isso, para todas as pessoas que estão neste processo de discernimento vocacional, uma palavra motivadora: “coragem”! Coragem para assumir a vocação da vida, dom gratuito de Deus. Coragem para assumir a vocação específica como resposta do chamado do amor divino! E coragem para deixar o medo de lado e assumir o chamado de Deus na liberdade e responsabilidade de filhos de Deus com o auxílio do Espírito Santo!

 

>> E destaca ainda:

Diác. Laudemir: Buscar a verdade na sinceridade! Isto resume meu projeto de vida que vim construindo durante toda minha formação humana. Durante esta caminhada na busca da verdade, o que configura a realização da minha vocação dando sentido a minha existência, sempre contei com a graça de Deus atuante em minha vida. Se isso não bastasse, sempre tive apoio de familiares e principalmente amigos com os quais dividia minhas alegrias e esperanças, angústias e sofrimentos.

Os mestres (professores e assistentes) sempre me ajudaram nesta busca nem sempre agradável e pacata. Após este caminhar em direção aquilo que Deus me chama a ser e a compartilhar com os irmãos na comunidade de fé registro meu agradecimento a todas as pessoas que me ajudaram durante estes catorze anos de caminhada vocacional rumo ao presbiterado e não mediram esforços – assim como eu – para que se chegasse aonde cheguei: MUITO OBRIGADO!

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.