Notícias da diocese › 10/12/2020

Missa em Ação de Graças marcará a despedida dos Pobres Servos da Diocese de Osório

No dia 20 de dezembro, domingo, às 19h, na igreja Nossa Senhora do Caravaggio, em Osório, uma Missa em Ação de Graças vai marcar a despedida dos Pobres Servos, Pe. Antônio D’Alló e Pe. Ivan Luis Bassoto, após oito anos de presença calabriana na Paróquia.

Com restrição de público devido a pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a Pastoral da Comunicação transmitirá a Celebração ao vivo pela página da Diocese de Osório no Facebook.

 

Presença marcante

A atuação de muitos presbíteros e religiosos pertencentes à obra calabriana na Diocese de Osório se dá desde a nomeação do Pobre Servo dom Jaime Pedro Kohl, como bispo desta Diocese, em dezembro de 1999. E, ao final de 2020, uma nova missão interpela os Pobres Servos a partir do Litoral Norte gaúcho em nova missão no estado do Pará, no Norte do país.

De acordo com o atual pároco da Paróquia Nossa Senhora do Caravaggio, em Osório, Pe. Antônio Dall’Ó, dom Jaime ao assumir como bispo, foi o grande incentivador ao fazer o convite à Congregação para assumir a Paróquia. Em 10 de março de 2013, chegam os primeiros religiosos e, com o passar dos anos, já somam um total de 12 Pobres Servos que passaram pela paróquia neste período, sendo o Pe. Antônio o único que esteve na Paróquia desde o início dessa trajetória de presença Calabriana.

 

Testemunhos

Uma presença forte que também marcou muitas lideranças atuantes na Paróquia como o casal Roselene Tergolina Teixeira e Jorge Roberto Teixeira, Ministros Extraordinários da Eucaristia e catequista (Jorge),  que relatam que foi possível constatar, por parte de todos os sacerdotes e religiosos que na Paróquia estiveram, cada um com sua individualidade e características próprias, o sincero comprometimento com a missão de evangelizar, seja administrando os sacramentos, seja anunciando a Palavra de Deus por qualquer outro meio.

Não se descuidaram das realidades sociais do município, sempre participando dos acontecimentos, oportunidade para levarem a mensagem cristã ao nosso povo. Não podemos deixar de ressaltar o cuidado, o carinho com que se dedicaram a acolher e ouvir, principalmente, os mais simples e necessitados de uma palavra de apoio e compreensão, reforça o casal, desejando a todos os sacerdotes calabrianos que acompanharam os paroquianos nesses anos, por sua dedicação, o profundo e sincero agradecimento e a certeza de suas orações.

Também Elisandra Anflor, secretária paroquial há três anos, que trabalhou e conviveu com os calabrianos no cotidiano da vida administrativa da Paróquia, partilha que o Pe. Antônio e o Pe. Ivan representam muito bem a maneira de viver do Pobres Servos, vivendo com toda simplicidade e revela um pouco da convivência com o pároco.

“Pe. Antônio que está em nossa Paróquia há 8 anos, com seu jeito simples e tranquilo conseguiu reabrir pelo menos quatro das nossas comunidades que estavam fechadas e, de uma maneira muito cativante, evangelizou os moradores. Além disso, trouxe os paroquianos para participar das missas, como um verdadeiro Pai cuidando e guiando seus filhos”, conta Elisandra.

A Congregação dos Pobres Servos esteve muito bem representada por todos os religiosos e padres que passaram pela Paróquia Nossa Senhora do Caravaggio e, certamente, deixarão além de muitas saudades, um legado de humildade e simplicidade.

 

Obra Calabriana

A obra Calabriana compreende uma família religiosa composta pelas Congregações Pobres Servos da Divina Providência e Pobres Servas da Divina Providência, fundadas em Verona por São João Calábria, em 1907 e 1910, respectivamente. Mais tarde, a Congregação Missionárias dos Pobres também se tornou parte da Obra sob lei diocesana, fundada no Uruguai, em 1962, e quem tem por carisma “Confiança em Deus Pai Providente”.

 

Gratidão por tudo e a todos

Pe. Antônio, pelo curto tempo de presença, procurou inserir-se da melhor forma possível à Igreja local conforme sua dinâmica, planejamento, prioridades, programação, pois é do carisma do Pobre Servo sempre estar em comunhão no serviço à Igreja Local. Segundo ele, “Nesta caminhada, aprendemos muito, da Família Caravaggio, da Diocese e, especialmente, do presbitério, onde nos sentimos muito bem acolhidos e sintonizados. Agradecemos à Providência Divina e à toda Diocese de Osório, por este tempo de convivência e participação na caminhada de vida e pastoral desta Igreja Particular. Invocamos as bênçãos de Nossa Senhora da Conceição, padroeira da diocese que continue abençoando este Povo de Deus. Estamos partindo para outra missão, pois o mundo todo é de Deus e nós somos seus servos. Gratidão por tudo e a todos”.

 

Presença Calabriana

Pe. Antônio Dall’Ó esteve presente na paróquia de 2013 a 2020 e, com ele, passaram os seguintes padres e religiosos:

2013: Pe. Armando Furlin e Irmão Alexandre;

2014: Pe. Armando Furlin, Irmão Josmar Ferraz de Souza, Irmão Itamar Gomes dos Santos;

2015: Irmão Josmar Ferraz de Souza e Pe. Everton Rodrigues;

2016: Pe. Nelcir Luiz Nazzari;

2017: Irmão Marcos Ritchelmy Paixão Torres;

2018: Irmão Erivan;

2019 e 2020: Pe. Ivan Luiz Bassotto.

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.