Dom Jaime Pedro fala sobre a Visita Pastoral na Paróquia de Caraá

A Paróquia São Cristóvão em Caraá, que tem por pároco o Pe. Nilso Ricardo Zanella, recebeu a Visita Pastoral do bispo da diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, entre os dias dias 11 e 15 de outubro.

Confira abaixo os principais destaques e impressões do bispo diocesano sobre a Visita:

Desta vez foi a Paróquia São Cristóvão, do Caraá, que recebeu minha Visita Pastoral. Uma Paróquia completamente rural, com 24 comunidades.

No dia 11, quarta-feira, primeiro dia da Visita, às 9h aconteceu o encontro com o prefeito municipal, Nei Pereira dos Santos, na sede da prefeitura. Depois visitamos a Escola do Passo Osvaldo Cruz, onde foi apresentado um projeto em parceria com a Paróquia, fruto da Campanha da Fraternidade (CF 2017), o “Projeto Horto Medicinal”.

Almoçamos nos avós do jovem Luiz Augusto, gente muito querida. Pela tarde, mesmo debaixo de chuva visitamos a Escola Vila Nova, onde está em curso outro projeto decorrente da CF 2017 e tivemos uma conversa com os alunos reunidos em atividades recreativas relativas ao Dia da Criança. Seguiu-se a visita a um doente que foi catequista na comunidade e que se encontra gravemente enfermo.  

À noite, reunião com a coordenação do Conselho Pastoral Paroquia (CPP), Conselho para Assuntos Econômicos (CAE) e demais lideranças na sede da Paróquia. Depois de um momento de oração com a Leitura Orante da Palavra de Mt 6,24-34, repassamos o Plano Pastoral Paroquial, conversando sobre as ações em ato e outras a encaminhar a partir da realidade desta Paróquia.

No dia 12, quinta-feira, feriado de Nossa Senhora Aparecida, pela parte da manhã, às 9h, Santa Missa na comunidade São Cristóvão, sede da Paróquia e, depois, até meio dia, palestra ao grupo de casais do Econtro de Casais com Cristo (ECC) sobre o documento Amoris Laetitia. Pela tarde, às 19hs, Santa Missa na quase comunidade, local chamado Novidade. Na sexta-feira, 13, participamos da Ordenação Presbiteral de Gilberto Silva de Fraga.

No sábado pela manhã, 14, a Visita Pastoral teve continuidade às 15h, com a Santa Missa com Crisma na comunidade do Alto do Rio dos Sinos e, às 19h30min, o mesmo programa na comunidade do Passo Osvaldo Cruz. Sempre acompanhados com chuvas torrenciais.

Domingo ensolarado, 15, às 9h30min, Celebração Eucarística na comunidade Rio dos Sinos. Visita a uma pessoa idosa e almoço numa família da comunidade. Pela tarde, às 15h, Santa Missa na comunidade do Santuário Nossa Senhora das Lágrimas e, às 18h, Celebração Eucarística na comunidade do Rio do Meio. Neste dia, o jovem Luiz Augusto me acompanhou nas visitas, pois o Pe. Nilso celebrou em outras cinco comunidades.

         Minhas impressões sobre a caminhada desta Paróquia se dão pelo bom entrosamento do Pe. Nilso com as lideranças das comunidades e com os Conselhos Pastoral e Econômico.

         Uma Paróquia tipicamente rural, constituída de muitas comunidades, que já contam com sua organização e estruturação necessária.

         Mesmo não tendo visitado todas as comunidades, sinto que precisam continuar investindo na formação, na preparação de catequistas, ministros e lideranças para tomar a frente das comunidades com seus conselhos.

          Positivo e louvável o esforço de elaboração do Plano Pastoral Paroquial adaptado à realidade. Algumas coisas já se encaminhando como a preocupação com a preparação ao Batismo no novo formato, a catequese de para Primeira Eucaristia e Crisma na perspectiva da Leitura Orante da Bíblia e a entrega dos respectivos símbolos e o uso do novo material. A preocupação com o melhoramento dos espaços para a catequese. O trabalho com projetos junto às escolas, relacionados com o tema da Campanha da Fraternidade de 2017.

         A atuação do CPP e CAE com reuniões sistemáticas mensais junto com o padre para fazer os encaminhamentos pastorais e ajudar no aspecto administrativo e financeiro.

         Com relação à liturgia, a necessidade de preparar mais ministros, também para celebração da palavra quando não tem missa como acontece na comunidade do Passo Osvaldo Cruz.

         Ótima a iniciativa de incentivar os jovens na formação de grupos, em especial, a Juventude Missionária. A Pastoral do Dízimo deve ser incrementada nas comunidades com formação para entender o significado e a importância da participação.

         O único serviço para casais presente na Paróquia é o Encontro de Casais com Cristo (ECC). Tem um grupo bom e bem interessado em aprofundar sua missão. Se apoiado e valorizado pode ser uma força e de grande ajuda nas comunidades de toda a Paróquia.

         Valioso o incentivo dado à Campanha da Bíblia, favorecendo a aquisição. Peço de não esquecer a proposta de iniciar alguma experiência de Infância, Adolescência e Juventude Missionária. Assim como criar um pequeno grupo para o trabalho com coroinhas e vocacional. O terreno está pronto, falta semear.

         Com relação aos Grupos de Famílias, que já foi muito mais forte no passado sugiro que se dê suporte aos animadores para que não deixem morrer grupos por falta de motivação.

         Um desfio desta Paróquia é a questão do Santuário se queremos que viva a dinâmica de Santuário e não de uma simples comunidade (capela) como as outras. Estudar como melhorar os serviços de atendimento de romeiros e a própria divulgação do mesmo. A sugestão é que se constitua uma comissão paroquial ou até mesmo supra paroquial para ajudar a pensar sua organização e desenvolvimento efetivamente como Santuário Diocesano. Uma das primeiras medidas a tomar é providenciar que possa ficar aberto durante o dia.

         Louvo a Deus pela caminhada que esta paróquia vem fazendo. Que São Cristóvão e Nossa Senhora das Lágrimas acompanhem o padre Nilso e todas as lideranças dessa Paróquia para levar a termo a programação e planejamento proposto para estes próximos anos.  

Dom Jaime Pedro Kohl – Bispo Diocesano”

 

Fotos: Pastoral da Comunicação da Paróquia São Cristóvão – Caraá

      

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.