Bispo da Diocese de Osório preside Missa pelos 250 anos da Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Osório

A Paróquia Nossa Senhora da Conceição é a segunda paróquia mais antiga da Diocese de Osório, completa 250 anos de criação no dia 18 de janeiro de 2023. Para celebrar a data, a comunidade prepara ao longo do ano jubilar várias atividades. Com Celebração Eucarística às 19h, na Catedral Nossa Senhora da Conceição, no Centro de Osório, se está abrindo as comemorações.

A Santa Missa será presidida pelo bispo da Diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, e concelebradas pelo pároco, Pe. Hilário Sozo, e pelo vigário paroquial, Pe. Gelci Adelino Peroni. Nessa celebração terão o testemunho de alguns paroquianos que relembram algumas histórias marcantes de fé do povo e da devoção mariana que marcaram a paróquia desde a sua origem.

Dom Jaime nos deixa uma mensagem para a ocasião:

“250 anos de história não podem passar sem uma bonita comemoração. É ocasião de fazermos memória dessa longa caminhada feita com a participação de muitas pessoas comprometidas na construção das comunidades que compõem a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, hoje, Catedral e sede da Diocese de Osório. Nossa gratidão aos padres que estiveram servindo com seu ministério o povo desta região, as religiosas e religiosos que estiveram atuando na educação, na saúde, na catequese e em outras pastorais. Aos leigos e leigas que atuaram nos conselhos, nas equipes administrativas, na construção das igrejas e salões comunitários e de tantas outras formas, celebrando as festividades litúrgicas e de seus padroeiros. Nesse dia 18 estamos somente abrindo o Ano Jubilar, tema que nos deve acompanhar todo ano de 2023, em modo que olhando o caminho percorrido nos ajude a renovar a nossa caminhada de fé e despertar para o novo que somos chamados a construir”.

 

Trajetória

O Litoral Norte do Rio Grande do Sul já foi habitado por Guaranis, Kaigangs e Xoklengs, entre outras tribos indígenas. Mas foi na primeira metade do século XVIII, quando luso-açorianos receberem a primeira Carta de Sesmaria expedida no Rio Grande do Sul, território de aproximadamente 4.000 km, de Torres até o Rio Capivari, que dá origem a região como é conhecida hoje.

A chamada sesmaria “Campos de Tramanday” era trajeto dos tropeiros por ligar a Colônia de Sacramento ao povoado de Laguna, em Santa Catarina. Dos “Campos de Tramanday” surgem diversas outras sesmarias, entre elas a da “Estância da Serra”, onde fica atualmente a cidade de Osório.

Conforme pesquisa documental da Paróquia, a antiga Vila de Conceição do Arroio, atual cidade de Osório, foi colonizada primeiramente pelos portugueses, provenientes dos Açores, mais tarde chegaram os colonos italianos, alemães e os povos africanos escravizados.

Em 1742, o estancieiro Antônio Gonçalves dos Anjos mandou construir na Vila uma capela de madeira, coberta de palha de tiririca, dedicada a Conceição da Santa Virgem. Infelizmente, não se tem registros fotográficos dessa capela. Estava consolidada, assim, a devoção a Virgem Maria.

A Vila desenvolvia-se, os colonos católicos foram chegando em maior número, até que em 18 de janeiro de 1773 foi criada a freguesia, ou seja, a Paróquia Nossa Senhora da Conceição do Arroio, tendo como primeiro pároco o Pe. João Antônio Rodrigues, nomeado pelo bispo do Rio de Janeiro, Frei Antônio do Desterro.

Nesse período de 250 anos de paróquia, ao todo foram 52 padres, atuando como párocos, além de outros tantos que atuaram como vigários paroquiais. Dentre os párocos, destacamos o Pe. Joaquim Ferreira Ramos, que exerceu suas funções por 28 anos (1861-1889) e o Pe. Pedro Henrique Jacobs, que foi pároco por 33 anos (1932-1965).

De acordo com o atual pároco, sabe-se que muitos foram os desafios enfrentados nesses 250 anos de paróquia, mas com o auxílio de todos os fiéis, as dificuldades foram vencidas.

“Pedimos a benção e a intercessão da padroeira da paróquia e da Diocese de Osório, Nossa Senhora da Conceição, para todo o povo de Deus e reforçamos o convite a celebrar conosco essa data e toda a sua história vivida até aqui. Com entusiasmo olhamos para o futuro com muita fé e disposição a servir ao projeto de Deus-Pai para as nossas comunidades. Mesmo sendo um tempo de férias, convidamos todos os paroquianos e os irmãos e irmãs de outras comunidades e paróquias a se juntarem a nós nesse dia 18 para louvar e agradecer a Providência divina que nunca nos deixou faltar o necessário para a vida das pessoas e das comunidades. Venham celebrar conosco”, convida o pároco Pe. Hilário.

 

Linha do tempo

1873 – Conclusão da construção da primeira igreja de pedra e cal;

1923 – A igreja serviu de trincheira para os soldados defenderem a vila do ataque dos federalistas;

1934 – O município mudou de nome, passando a se chamar Osório;

1951 – Iniciou-se a construção do salão paroquial. Vinda das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora Aparecida a serviço do Hospital São Vicente de Paulo e da Paróquia;

1961 – Conclusão da construção da nova igreja matriz;

1973 – Festa do bicentenário da paróquia, a missa solene foi celebrada pelo cardeal dom Vicente Scherer;

1974 – Chegada das Irmãs Escolares de Nossa Senhora, com a missão da catequese, liturgia, assistência social e cursos de noivos. Criação de pastorais e movimentos, tais como: Cursilho, ECC, ENS, CLJ, cursos de batismo, matrimônio, caridade, capelinhas, apostolado, entre outros;

1/11/1999 – criação da Diocese de Osório, sendo nomeado como primeiro bispo, dom Thadeu Gomes Canellas;

10/11/2001 – A igreja matriz é dedicada à Nossa Senhora da Conceição e passa a assumir a função de Catedral, ponto de referência de todo o território do Litoral Norte do RS.

15/11/2006 – Nomeação do segundo bispo, dom Jaime Pedro Kohl;

11/03/2007 – Dom Jaime toma posse da Diocese de Osório

2011-2015 – Reforma da catedral para atender as diretrizes litúrgicas do Concílio Vaticano II;

10/11/2016 – Segunda Dedicação da catedral Nossa Senhora da Conceição;

Todas as comunidades realizam suas festas dos padroeiros e na comunidade sede são três as celebrações principais com grande envolvimento de povo: a festa do Divino por ocasião de Pentecostes, Nossa Senhora do Rosário no inicio de setembro e Nossa Senhora da Conceição no dia 8 de dezembro.

Melissa Maciel / Ascom Diocese de Osório