Notícias da diocese › 15/10/2019

Vigília e coleta missionária ocorrem no próximo final de semana

Para fortalecer a missão da Igreja de ir a todos os povos, retomando com novo impulso, a missionariedade da vida e da pastoral, o papa Francisco proclamou o “Mês Missionário Extraordinário – MME” para o mês de outubro.

“Que o ‘Mês Missionário Extraordinário’ se torne uma ocasião de graça intensa e fecunda para promover iniciativas e intensificar, de modo particular, a oração – alma de toda a missão –, o anúncio do Evangelho, a reflexão bíblica e teológica sobre a missão, as obras de caridade cristã e as ações concretas de colaboração e solidariedade entre as Igrejas, de modo que se desperte e jamais nos seja roubado o entusiasmo missionário”, afirmou papa Francisco, quando fez o anúncio desse período especial para a Igreja.

 

Diocese de Osório em sintonia com o MME

A Diocese de Osório já lançou oficialmente o “Mês Missionário Extraordinário”, no sábado, 5 de outubro, no Santuário Diocesano Nossa Senhora das Lágrimas, em Caraá. Na oportunidade, o bispo dom Jaime Pedro Kohl incentivou os milhares de fiéis participantes do Encontro Diocesano dos Grupos de Famílias, suas paróquias e comunidades a vivenciarem plenamente este período.

Muitas ações podem ser promovidas no âmbito paroquial, destacamos especialmente a realização da Novena Missionária, a intensa oração pelas missões e pelos missionários, a vigília (19 de outubro) e a coleta no Dia Mundial das Missões (20 de outubro), além de impulsionar as visitas missionárias.

De acordo com o coordenador do Conselho Missionário Diocesano (COMIDI), Pe. Rodrigo Schüler, neste mês a Igreja no mundo todo foi convidada a realizar uma vigília, antecedendo o Dia Mundial das Missões.

“O objetivo é despertar para a responsabilidade missionária de todo batizado. Pela oração e coleta missionária no domingo do dia 20 (Dia Mundial das Missões), reforçaremos nosso compromisso para com toda a Igreja. Ajudando para que as ações missionárias continuem acontecendo, inspirados em São Francisco Xavier, e zelar pela força da oração, assim como Santa Teresinha nos ensinou, ambos padroeiros universais da missão. Assim, todos somos enviados a tornar Jesus conhecido e amado, pela força de três alimentos que sustentam o discípulo missionário: a Palavra, a Eucaristia e o Testemunho”, comenta Pe. Rodrigo.

 

Abaixo, no infográfico você pode compreender melhor o destino da coleta missionária:

 

Mais informações e subsídios para o Mês Missionário Extraordinário, ACESSE AQUI

 

Fonte: POM

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.