Notícias da diocese › 16/07/2019

Seminarista Edivan Machado de Oliveira segue para a região amazônica em experiência missionária

Seminarista Edivan com seus familiares no Seminário Maior Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos em Viamão/RS

No próximo dia 18 de julho, às 19h30min, na igreja São José, em Três Cachoeiras/RS, familiares, amigos/as e a comunidade paroquial participarão da Celebração Eucarística presidida pelo bispo da Diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, com benção de envio do seminarista Edivan Machado de Oliveira, que seguirá em missão no dia 21 de julho à Prelazia de Itacoatiara, pertencente à Província Eclesiástica de Manaus, no estado do Amazonas.

O seminarista Edivan vai em missão para colaborar com o projeto Igrejas Irmãs, uma iniciativa de cooperação bilateral entre dioceses no Brasil. De acordo com dom Jaime, as “igrejas particulares ou dioceses” são todas irmãs, pois todas pertencem a única Igreja de Jesus. “Costumamos usar essa nomenclatura para falar da iniciativa que já deu seus frutos, arrefeceu um pouco e agora vem como apelo forte do Programa Missionário Nacional: “Cada diocese, uma Igreja Irmã”.

A Prelazia de Itacoatiara pertence à Província Eclesiástica de Manaus, no estado do Amazonas

Dom Jaime explica que há mais tempo a Diocese de Osório está se propondo concretizar uma ação de cooperação com uma diocese da Amazônia, uma que mais necessite de ajuda de missionários e missionárias para o trabalho de evangelização. Por isso a cooperação a qual o seminarista Edivan participará a partir do final julho se dará na Prelazia de Itacoatiara, distante cerca de 270 Km de Manaus, entre as mais necessitadas de ajuda e que tem como bispo prelado dom José Ionilton Lisboa de Oliveira.

 

 

 

Experiência missionária como parte da formação para o presbitério 

O envio de um seminarista para uma experiência missionária além-fronteiras está em sintonia com o itinerário de formação presbiteral.

De acordo com o reitor do Seminário Maior Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, Pe. Rodrigo Schüler, é necessário e urgente a abertura para a universalidade da missão da Igreja desde a formação para os padres e agentes de pastoral, uma abertura que diz respeito a origem da Igreja Católica e que nos remete ao próprio amor incondicional e misericordioso de Deus em Jesus Cristo.

“O seminarista Edivan vai com um compromisso muito importante para a nossa Diocese, o de ajudar para que o projeto Igrejas Irmãs com a Prelazia de Itacoatiara se torne cada vez mais um compromisso missionário de todos nós”, explica Pe. Rodrigo.

O seminarista que está na metade do terceiro ano de Teologia, com o 5° semestre concluído, terá os estudos pausados para vivenciar pelo período de 12 meses uma experiência agregadora na sua formação e um auxílio na concretização desse que será um dos primeiros passos para o projeto Igrejas Irmãs.

Segundo o seminarista, essa possibilidade surgiu ao processo formativo no Seminário Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos; quando após o término do segundo ano de Teologia, é indicado a vivência e experiência de um ano de pastoral, uma espécie de ‘estágio’, vivências mais próximas da realidade de uma paróquia.

“Crer na missão é crer que a pessoa não fica presa dentro da sua cultura, isto é, dentro de uma personalidade autônoma e fechada. Assim, confiando na força, ação e presença do Espírito Santo, coloco-me de coração aberto e disponível para fazer parte da caminhada da prelazia de Itacoatiara, esperançoso de conhecer, primeiramente, a realidade, servir, e me unir à pastoral da Igreja Local”, afirma o seminarista Edivan.

 

Como se dará o Projeto?

De acordo com dom Jaime, o primeiro passo está sendo dado com o envio do seminarista Edivan, aproveitando essa experiência como “estágio pastoral” previsto para a sua caminhada formativa. Ao invés de realizá-lo numa paróquia da Diocese de Osório, o fará em terras da Amazônia. Portanto, será enviado no dia 18 de julho, devendo permanecer até julho de 2020.

No retorno do seminarista e com o acompanhamento que será dado ao jovem, se verá quais os passos seguintes na cooperação eclesial entre Diocese de Osório e Prelazia de Itacoatiara.

“Colocamos essa iniciativa missionária sob o olhar e a proteção da Providência divina, certos que nos mostrará com seus sinais os passos seguintes. O seminarista Edivan é como a semente que está sendo plantada na esperança que vingue, floresça e dê muitos frutos”, anima dom Jaime.

Edivan, por sua vez, certo de que a missão, por sua natureza, é uma tarefa sempre compartilhada, e, ao mesmo tempo, é um exercício de comunhão intereclesial, afirma que se achegará à região amazônica na motivação de alargar os horizontes da caridade e de manifestar solicitude para com a realidade da Igreja que está na Prelazia de Itacoatiara.

 

Será possível outras pessoas participarem?

O projeto, em princípio, está totalmente aberto à participação de clérigos e leigos(as) que desejarem. Porém, não basta querer, mas precisa dos requisitos de um trabalho voluntário no campo da evangelização e promoção humana, reunir as condições humanas e espirituais, bem como sempre em sintonia com as necessidades da Igreja parceira.

“Essa iniciativa está situada no espírito que o papa Francisco nos propõem com a convocação do Mês Missionário Extraordinário, no qual nos desafia entre outras coisas à ‘ações concretas de colaboração e solidariedade entre as Igrejas'”, afirma dom Jaime.

Dom Jaime afirma ser importante que essa iniciativa, desde já, seja assumida por toda a nossa Diocese. O seminarista Edivan vai em nome da Diocese. Por isso pede que todos acompanhemos com muita e muita oração, cientes que a oração é alma da Missão, tanto para os que ficam, como para os que partem em missão.

 

Conheça um pouco mais dessa que passará a ser considerada uma Igreja Irmã para a Diocese de Osório:

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.