Notícias da diocese › 28/09/2020

Projeto Igrejas Irmãs: Diocese de Osório envia casal em missão na Amazônia

A Diocese de Osório enviará o casal Marilene Gayger Dias e Flávio Arão Pereira em missão pelo projeto Igrejas Irmãs para a paróquia Menino Jesus, na Vila Novo Remanso, Prelazia de Itacoatiara, cerca de 200 quilômetros de Manaus-AM. A missa com envio missionário será presidida pelo bispo da Diocese, dom Jaime Pedro Kohl, no próximo sábado, 3 de outubro, na igreja Nossa Senhora do Caravaggio, às 19h, no bairro Caravaggio em Osório.

A Celebração Eucarística será com restrição de público, devido os protocolos do Modelo de Distanciamento Controlado do Estado, porém será transmitida pela equipe da Pastoral da Comunicação no canal e na página da Diocese de Osório no Facebook.

 

 

O projeto Igrejas irmãs

Em julho de 2019, a Diocese de Osório deu o primeiro passo para constituir o projeto Igrejas Irmãs com o envio do seminarista Edivan Machado de Oliveira à Prelazia de Itacoatiara, pertencente à Província Eclesiástica de Manaus, no estado do Amazonas. Porém, o Projeto Igrejas Irmãs não é algo novo para a Igreja Católica no Brasil, já conta ao menos uns 50 anos.

De acordo com o bispo da Diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, o Projeto é novo para a nossa Diocese, porque somos uma Diocese nova. “As duas dioceses das quais nos originamos possuem estas experiências. Caxias do Sul foi uma das pioneiras a estabelecer esse tipo de cooperação missionária (teve outras e agora está em Porto Velho) e Porto Alegre também há muitos anos tem parceria com a Prelazia do Xingú (hoje diocese). Quase todas as dioceses do Rio Grande do Sul tinham uma diocese irmã. Embora o Projeto arrefeceu nos últimos anos, várias continuam com alguma forma de cooperação”, explica dom Jaime.

Nos últimos anos, o Conselho Missionário Nacional retomou a questão, fez memória dessa história e lançou um apelo às Dioceses para reatar as relações. Isso ficou ainda mais explícito com a aprovação do Projeto Missionário Nacional dos próximos anos: cada diocese uma Igreja Irmã e cada Regional um projeto Além Fronteiras (AD Gentes).

Em 2019, por ocasião do Mês Missionário Extraordinário, convocado pelo Papa Francisco, a Diocese de Osório decide dar o primeiro passo e, como sinal concreto, enviou o seminarista Edivan como experiência do seu Ano Pastoral com a responsabilidade de ver como melhor a Diocese poderia cooperar com a Prelazia de Itacoatiara. No início de 2020, o bispo dom Jaime esteve visitando a Prelazia e, nesta oportunidade, definiu-se que a Diocese de Osório enviaria novos missionários ainda em 2020.

 

Envio missionário do casal Mari e Flávio

O casal conta que há cerca de 10 anos, acompanhando o bispo dom Jaime Pedro falando sobre a missão em Moçambique, onde a Igreja no RS desenvolve há 25 anos o projeto “Igrejas Solidárias RS – Moçambique”, acabou despertando neles um sentimento de estar junto com aquele povo e poder contribuir de alguma forma.

“Participando das formações missionárias, fomos vendo que não era tão impossível nos colocarmos a serviço, muito pelo contrário, nos parecia que estava mais perto de acontecer do que imaginávamos. Fomos nos abrindo, sempre colocando em oração que Deus nos chamasse onde Ele desejasse a nossa presença. Afinal, a missão é sempre de Deus, nós somos apenas seus instrumentos para que a missão aconteça”, explica Mari sobre a decisão do casal em partir para a missão na Prelazia de Itacoatiara.

Durante a estada do seminarista Edivan na Prelazia durante o ano de 2019, o casal foi sendo despertado ainda mais  e aos poucos foram fortalecendo o que de início era desejo, para algo mais concreto, uma decisão planejada e amparada em muita oração e discernimento.

“De início não nos achamos “capazes”, mas daí veio a interpelação – mas se a missão é de Deus – nós só precisamos dar nosso sim e confiar. Ele vai nos conduzir e nos capacitar, só precisamos nos colocar à serviço”, conta o casal.

Esse dia de partir já tem data e hora marcados, no dia 14 de outubro, às 6h da manhã, Mari e Flávio, paroquianos da Paróquia Nossa Senhora do Caravaggio, em Osório, estarão embarcando para a missão por cerca de três anos na Amazônia.

“Não estamos indo com nada na “bagagem” do nosso coração, sem a menor pretensão de ensinar nada e, sim, aprender com aquele povo, estar com, caminhar com, de acordo com o modo deles e ajudar naquilo que estiver ao nosso alcance. Lembrando também que não está indo a Mari e o Flavio e, sim, a Diocese de Osorio e com isto contamos com o apoio e as orações de todos”, lembra o casal.

Para novembro de 2020 está previsto o envio de mais um missionário para a nossa Igreja Irmã na Amazônia. A previsão é de que um presbítero da Diocese de Osório seja enviado para se unir ao casal Mari e Flávio em missão.

 

Conheça no registro fotográfico abaixo, a Paróquia Menino Jesus, em Novo Remanso – Prelazia de Itacoatiara-AM, para onde irão o casal missionário, Mari e Flávio.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.