A Voz do Bispo › 29/11/2019

Renove a alegria de viver e conviver

Esse é o título dos nossos Encontros de Advento neste ano para motivar nossa preparação ao Santo Natal, vivenciando a Campanha da Evangelização no Regional Sul III: “Renove a alegria de viver”. A proposta ressoa como um convite dirigido a cada cristão nesse tempo de advento e de esperança.

Em tempos marcados por muita violência na nossa sociedade, até mesmo a violência contra a própria pessoa – a crescente frequência de suicídios, especialmente entre jovens e não só – essa mensagem proposta para os encontros de preparação ao Santo Natal pode ser uma resposta salutar para muita gente que anda desanimada e depressiva.

O mistério do Natal, festa do encontro entre o céu e a terra, do divino com o humano, trás luzes de esperança e vida que devem iluminar o túnel escuro da desesperança em que muitos e irmãos e irmãs se encontram. Pensar na feliz iniciativa de Deus que veio e vem ao encontro da humanidade enche o coração de alegria e paz.

Lembrar que o Senhor, o Deus da vida, estabeleceu sua morada entre nós, que veio e vem viver conosco, em tudo igual a nós, menos no pecado, projeta uma centelha de luz no túnel escuro da depressão e abre para a alegria de viver. Deus desceu até nós e nos assumiu para que por Cristo possamos chegar a Deus, vivermos uma relação de amizade e comunhão, dignificante e cheia de sentido.

O texto bíblico para o primeiro encontro em família é Lc 1,26-38, o anuncio do anjo a Maria convidando-a para participar da encarnação do Filho de Deus. Entrando na casa de Maria, o anjo disse: Alegra-te cheia de graça, o Senhor está contigo. Não tenha medo, Maria. O Espírito Santo verá sobre ti e o poder do altíssimo te cobrirá com sua sombra e o menino será chamado santo e Filho de Deus.

Pela confiança em Deus e na força do Espírito Santo, Maria inaugurou um tempo novo, o tempo messiânico. No menino de Belém, Deus vem ao nosso encontro e nos oferece a razão e a esperança de viver. Ele nos convida a cuidar da vida, recuperar a hospitalidade e a alegria de conviver com os nossos irmãos e irmãs.

Todos podemos descobrir, sempre de novo, a alegria de viver e conviver como jeito para contagiar as pessoas desanimadas e desesperançadas a recuperar o sentido da vida, a vontade de viver e o gosto de conviver com outras e outros que merecem descobrir a beleza da fé no Deus que vem.

 

Para refletir:

  • Como desejo me preparar para celebrar bem o santo Natal?
  • A melhor forma e mais eficaz é participar de um grupo de convívio e reflexão bíblica. Com quem vou me encontrar para fazer essa experiência?
  • Como posso ajudar alguém para renovar a alegria de viver e de conviver?

 

Textos bíblicos: Is 2, 1-5; Lc 1, 26-38; Sl 121(122).

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.