Impressões da Visita Pastoral na Paróquia Santa Teresinha – Vila Palmeira

A Paróquia Santa Teresinha da Vila Palmeira em Santo Antônio da Patrulha, que tem por pároco o Pe. Edson Luiz Bataglin, recebeu a Visita Pastoral do bispo da diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, entre os dias dias 5 e 8 de outubro.

Confira abaixo os principais destaques e impressões do bispo diocesano sobre a Visita:

“Estive em Visita Pastoral à Paróquia Santa Teresinha, na Vila Palmeira – Santo Antônio da Patrulha, uma Paróquia basicamente rural com 18 comunidades.

No dia 5, quinta-feira, depois de almoçarmos na casa paroquial saímos para visitar duas pequenas comunidades: Porto Ramos, onde celebramos numa casa de família com um pequeno grupo às 16h e, às 17h30min, celebramos em frente à um armazém na comunidade de São José da Data, que ainda não tem igreja. Pela noite ocorreu a reunião com a coordenação do Conselho Pastoral Paroquial (CPP) e Conselho para Assuntos Econômicos (CAE) na sede da Paróquia.

O segundo dia, 6, sexta-feira, o dedicamos à visita aos doentes desta Paróquia, pessoas que muito valorizaram nosso gesto de atenção a eles. Pela noite ocorreu reunião com as principais lideranças de todas as pastorais e conselhos também na sede da paróquia.

Depois de um momento de oração com a Leitura Orante da Palavra de Mt 6,24-34, repassamos o Plano de Pastoral Paroquial já elaborado, conversando sobre as ações em ato e outras a encaminhar.

O sábado, 7, o passamos em Torres, onde realizamos a Assembleia Diocesana de Pastoral.

No Domingo, às 10h30min, realizamos a celebração eucarística da Festa de Nossa Senhora Aparecida, na comunidade Alto Data, onde conferimos a Crisma a um pequeno grupo de adolescentes. Pela tarde, às 19h, celebração eucarística com Crisma para mais de 30 adolescentes e jovens.

Minhas impressões sobre a caminhada desta Paróquia são positivas. Percebi boa aceitação do Pe. Edson por parte das comunidades, maior presença e envolvimento das mesmas na organização pastoral e administrativa, bem como, a participação na vida da Paróquia e também na organização e nos eventos diocesanos.

Uma Paróquia tipicamente rural, constituída de comunidades e pessoas simples, algumas com estruturas um tanto precárias ou mesmo sem nenhuma estrutura, como Porto Ramos e São José da Data.

Mesmo tendo visitado poucas comunidades creio de não errar ao dizer que continuam terra de missão. Precisam sim de um acompanhamento mais personalizado como a Paróquia já se propôs no seu Plano de Pastoral, seja para dinamizar e organizar, bem como, para viabilizar a evangelização e a celebração de alguns sacramentos.

Positivo e louvável o esforço da elaboração do Plano de Pastoral Paroquial adaptado à realidade e desejo de responder as situações que clamam por solidariedade, como a escolha de sete comunidades para um acompanhamento maior, a ser feito pelos missionários. Outro aspecto nesse sentido é o estimulo e incentivo à participação nos Grupos de Famílias, atividade sempre presente nesta Paróquia.

No campo da catequese destacamos a participação de um bom grupo de pessoas na Escola Bíblico-catequética junto com a Paróquia vizinha da Boa Viagem, a visita do padre às famílias que têm crianças para serem batizadas e também a formação para catequistas.

A constituição do CPP e CAE que estão tomando iniciativas de ajuda ao padre na ação pastoral e administrativa, assim como a percepção que precisa ser ampliado com outros membros.

Com relação a liturgia, positiva a iniciativa proposta no Plano de Pastoral de aproveitar a presença de seminarista para fazer formação nas comunidades.

Ótima a iniciativa de criar um grupo de jovens e exorto a continuar investindo nesse projeto com a colaboração de seminarista no final de semana.

Vejo a necessidade de efetivar a equipe da Pastoral do Dízimo acrescentando algum casal para reforçar o grupo para trabalhar essa dimensão com vistas a facilitar a manutenção da Paróquia e efetivar a entre ajuda das comunidades.

Quanto aos movimentos e casais, a presença do Encontro de Casais com Cristo (ECC) é bom que seja apoiado e valorizado como ajuda na formação de lideranças que possam assumir os serviços e coordenações nas comunidades.

Louvo a Deus pela caminhada que esta Paróquia vem fazendo e que Santa Teresinha do Menino Jesus, padroeira das missões interceda a graça da perseverança na animação missionária, ponto distintivo dessa Paroquia a mais tempo e ampare todas as iniciativas que precisam ser implementadas.

Bom trabalho

Dom Jaime Pedro Kohl – Bispo Diocesano”

 

Fotos: Arquivo / Pe. Edson Luiz Bataglin

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.