Pe. Marlon Ramos Lopes

Pe. Marlon Ramos Lopes

Nascimento:  01 de setembro de 1979 Ordenação Presbiteral: 28 de dezembro de 2008
Filho de Clécio dos Santos Lopes e de Lorena Ramos Lopes, é natural de Osório – RS. Durante o estágio para conclusão do curso de Técnico em Eletrônica, decidiu abraçar a vocação que sentia desde criança. Como morava em Caxias do Sul – RS para o estágio, ingressou no Curso Propedêutico daquela Diocese, em 1999. Em 2000, iniciou o curso de Filosofia em Viamão, na hoje extinta Faculdade de Filosofia Nossa Senhora da Imaculada Conceição. Em 2002, interrompendo por um ano os estudos, atuou como assistente do Seminário Menor São José, em Juína – MT. Em 2003, concluiu o curso de Filosofia em Viamão. Em 2004, iniciou o curso de Teologia, em Porto Alegre, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. No final do mesmo ano, havendo discernido com o Bispo Diocesano de Caxias do Sul, Dom Paulo Moretto, pediu ingresso na Diocese de Osório, o qual foi oficialmente concedido em 19 de novembro, sendo Bispo Diocesano de Osório Dom Thadeu Gomes Canellas. Em 2005, transferiu-se para o Seminário Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos da Diocese de Osório. Após o terceiro ano do curso de Teologia, realizou um ano (2007) de experiência pastoral na Paróquia São José de Três Cachoeiras, sendo pároco pe. Edegar Pereira da Rosa. Em 25 de novembro de 2007, em Três Cachoeiras, foi ordenado diácono pelo novo Bispo de Osório, Dom Jaime Pedro Kohl, sendo sua primeira ordenação na Diocese. De volta o último ano do curso de Teologia, em 2008, atuava pastoralmente na sua paróquia de origem, Nossa Senhora da Conceição de Osório. Em 28 de dezembro de 2008, foi ordenado presbítero por Dom Jaime Pedro Kohl, na Catedral Nossa Senhora da Conceição de Osório. Em 2009, na mesma paróquia de origem, atuou como vigário paroquial, sendo pároco pe. Hilário Sozo e sendo também vigário paroquial pe. Albino Haas. Em dezembro de 2009, foi nomeado e assumiu a Paróquia Imaculada Conceição de Três Forquilhas – RS. Uma semana depois, com alteração de limites, a paróquia passou a compreender também o município de Itati – RS, totalizando 13 comunidades. Foi ali pároco até janeiro de 2016. De 2008 a 2016, foi secretário-geral do Bispado. De 2009 a 2016, foi coordenador da Comissão Diocesana de Liturgia e Ministérios e membro cofundador da Comissão Diocesana de Arte Sacra. De 2010 a 2016, atuou na elaboração de subsídios e encontros para os Grupos de Famílias e para os Missionários Visitadores. Em 2016, após breve período como hóspede na Paróquia São Pedro de Xangri-lá, sendo pároco pe. Luciano Motti, iniciou o curso de Licenza (Mestrado) em Sacra Teologia com especialização litúrgico-pastoral no Istituto di Liturgia Pastorale em Pádua – Itália. Atua pastoralmente naquela cidade como colaborador na Parrocchia Sacro Cuore di Padova, sendo pároco don Daniele Marangon.
[gallery link="file" ids="16372,16374,16379"]