Notícias da diocese › 05/09/2020

#casadapalavra – O mês da Bíblia na Diocese de Osório

Publique nas suas redes sociais fotos ou vídeos sua e/ou da sua família em momento de estudo ou oração com a Bíblia juntamente a hashtag #casadapalavra e concorra, no dia 30 de setembro, a um kit contendo uma Bíblia de Jerusalém e um livro de Jean Louis Ska –  “O Antigo Testamento: explicando aos que conhecem pouco ou nada a respeito dele”. Estarão em sorteio cinco kits com a Bíblia e o Livro.

 

Essa é a promoção para o mês da Bíblia nesse mês de setembro, anunciada durante entrevista no dia 03 de setembro, quinta-feira, na rádio da Diocese de Osório, Rádio Maristela 106.1 FM, com a presença do referencial para a Iniciação à Vida Cristã, Pe. Gilberto Fraga. Confira:


De acordo com Pe. Gilberto, este ano, a Igreja no Brasil vai aprofundar o livro de Deuteronômio e o lema “Abre tua mão para o teu irmão” (Dt 15,11) para animar a realização de atividades em torno da bíblia durante o mês de setembro.

 

Como posso vivenciar o mês da Bíblia em casa?

A sugestão da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da Diocese de Osório, é que a oração, a reflexão e os estudos sejam feitos em família sobre o Livro do Deuteronômio, tendo o cuidado de adaptar a reflexão às diferentes idades. Como sugestão, Pe. Gilberto incentiva a opção pelo método da Leitura Orante da Bíblia.

A Irmã Josete Rech, da Congregação das Irmãs Escolares de Nossa Senhora em Santo Antônio da Patrulha, nos auxilia sobre o método. Confira:


História do Mês da Bíblia

Sobre origem da celebração do Mês da Bíblia, um evento que é específico da Igreja Católica no Brasil, tem origem com o Domingo da Bíblia, cujo início no Brasil se deu a partir da 1ª Semana Bíblica Nacional, em 1947. A partir desta data começou-se a celebrar o Domingo da Bíblia, sempre no último domingo do mês de setembro. Neste o mês, dia 30, comemora-se também o dia de São Jerônimo, um grande conhecedor da Bíblia, exegeta e tradutor da Bíblia para o latim.

Depois do “Domingo da Bíblia” passou-se a celebrar o Mês da Bíblia a partir de uma iniciativa pioneira da arquidiocese de Belo Horizonte (MG) que se expandiu para o regional Leste 2. Em 1976, a celebração do Mês da Bíblia foi assumida pela CNBB e em todo Brasil.

Deuteronômio: o livro de estudo em 2020

Todos os anos a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB sugere a leitura e estudo de um dos livros da Bíblia. A escolha do livro está diretamente ligada ao tema da Campanha da Fraternidade de cada ano. Em 2020, durante o período quaresmal, fomos convocados pelo tema “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso” e pelo lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34) a prepararmo-nos para a celebração do mistério pascal. Em consonância com esta proposta que colocava a vida dos mais necessitados em foco, para o mês da Bíblia a CNBB propôs o livro Deuteronômio e o lema “Abre tua mão para o teu irmão!” (Dt 15,11).

Segundo o bispo de Luziânia (GO), dom Waldemar Passini e membro da Comissão Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), “no núcleo do livro, entre os capítulos 12 ao 16, encontra-se o “Código Deuteronômio”, um conjunto de preceitos que vai do culto à relações sociais e familiares e a como lidar com a guerra e com o conflito nas cidades que Israel vai conquistando. O livro chama a atenção sobre como usar a lei não apenas para ocupar a terra mas também para permanecer nela e torná-la fecunda. É um texto forte que perpassa períodos distintos da história mas sempre com a mesma teologia: a resposta fiel ao Deus que elegeu Israel, Judá o seu povo.”.

Por isso, a CNBB selecionou alguns versículos do livro que pudessem nos ajudar a entrar nesta estrada do mistério da ação de Deus a nos guiar. Os roteiros são simples, podem ser rezados individualmente ou em família ou em grupos pastorais das redes sociais.

 

>> Clique na imagem abaixo para realizar download:

 

OU acesse AQUI os roteiros para o MÊS da BÍBLIA

 

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.