Notícias da diocese › 23/03/2018

Bispo e clero diocesano celebrarão Missa do Crisma em Tramandaí  

Missa do Crisma acontecerá na Paróquia de Tramandaí/Imbé, na igreja Nossa Senhora dos Navegantes, na próxima quarta-feira, 28 de março, às 19h, com a presença do bispo da diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, todos os padres, diáconos e seminaristas, aberta também para as lideranças e todo o povo.

Habitualmente celebra-se a Missa do Crisma na Quinta-feira Santa, pela manhã, nas igrejas Catedrais, porém a Diocese de Osório optou em realizar, a cada ano, em uma das suas paróquias e, na quarta-feira, à noite, possibilitando que os fiéis possam conhecer e participar dessa celebração que possui um significado todo especial.

Dois significativos momentos fazem parte de seu rito. O primeiro é a bênção dos óleos que são utilizados nos sacramentos do Crisma, Unção dos enfermos, Batismo, nas ordenações dos presbíteros e bispos e na dedicação de altares e igrejas, daí, ser também chamada “Missa dos Santos Óleos”.

O segundo é o fato de ser considerada a celebração da instituição do sacerdócio. Nela o clero diocesano renovará as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação, também sendo considerada pela Igreja a “Missa da Unidade”, expressando a comunhão diocesana em torno do mistério pascal de Cristo.

“Constitui um momento forte de comunhão eclesial, de confraternização entre bispo e clero, momento um tanto íntimo e que tem um significado que expressa essa eclesialidade, essa comunhão presbiteral da Igreja presente na Diocese”, explica dom Jaime, destacando que se trata da Celebração que lembra e celebra não só a instituição do sacerdócio, como também da Eucaristia.

 

Lançamento da Ação Evangelizadora “Em cada comunidade uma nova vocação”

Na oportunidade da Missa do Crisma, a Diocese lançará oficialmente a Ação Evangelizadora “Em cada comunidade uma nova vocação”, na qual se une à Igreja Particular do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, na promoção dessa que é uma Ação inédita em prol de vocações para a Igreja.

A proposta é que cada comunidade se coloque em oração, como um único corpo, pedindo ao Senhor, por intercessão de Nossa Senhora, uma nova vocação em cada comunidade para a Igreja.

A vocação para o sacerdócio, a vida consagrada, a família, a missão… é um dom concedido somente por Deus, mas também é fruto da comunidade que reza. Desta forma, a Ação Evangelizadora: “Cada comunidade uma nova vocação” vai se desenvolver a partir de dois eixos: rezar pelas vocações e evangelizar pelas Redes Sociais.

A Ação abrange 51 Dioceses da Igreja Católica na região Sul do Brasil, milhares de comunidades para rezar pelas vocações e para partilhar pelas redes sociais testemunhos de quem vive com alegria a sua vocação.

Para mais informações sobre a Ação Evangelizadora “Em cada comunidade uma nova vocação”, acesse https://vocacoes.org/

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.